revestimentos
11dez

4 dicas para comprar revestimentos

Instalar revestimentos não é um bicho de setes cabeças, mas é necessário ter atenção em cada um dos procedimentos, para que o resultado da obra seja um sucesso – sem pisos trincados ou peças soltas!

Vale lembrar de algumas dicas básicas de planejamento para evitar transtornos já no momento da obra, principalmente se você for comprar  revestimentos ou outros materiais em larga escala.

Cuidados na hora de comprar revestimentos

  1. Tudo de uma vez!

Escolha revestimentos iguais de uma vez só, já que lotes diferentes podem conter algumas diferenças em tonalidades. Se comprar para obras maiores, como prédios, pense em dividir por apartamentos ou andares – mas cuidado para não misturar os lotes.

Tenha um cuidado extra na hora de comprar por catálogos para evitar diferenças de cor ou surpresas com a textura. Se possível, prefira conhecer o produto ao vivo em uma loja de materiais de construção, antes de efetuar a compra.

  1. Quantidade certa de revestimento

Você precisa ter certeza de que possui material suficiente para revestir toda a área pretendida (lembrando de consultar sobre a numeração do lote, que deve ser a mesma), com mais 10% dela – porcentagem mínima de segurança, para suprir perdas durante o assentamento e ter uma reserva para futuras trocas e reparos. Faça o cálculo correto da área e divida pela área das peças de revestimento para saber a quantidade certa.

Confira se a loja ou o fabricante possui a quantidade necessária para a metragem da sua obra em estoque antes da encomenda.

  1. Siga o seu cronograma

Um dos passos importantes para o início de qualquer obra, é a criação do planejamento. Se você possui um, é imprescindível que você trabalhe de modo a cumprí-lo. Isso significa tomar algumas medidas de precaução, para evitar atrasos.

Faça a encomenda de todo material com antecedência, programando a entrega dos materiais de acordo com o seu cronograma. No ato da entrega, verifique se todas as caixas dos revestimentos possuem o mesmo número de lote. Depois disso, confira todos os produtos e, no caso de peças defeituosas, quebradas ou de tom diferente, faça a devolução imediatamente. O consumidor tem até 90 dias para reclamar e pedir a troca de produtos danificados.

  1. Atenção às recomendações

Confira as recomendações do fabricante impressas na embalagem do seu produto e certifique-se de que está seguindo todas as indicações. Você precisa saber para quais ambientes o produto adquirido foi feito. Por exemplo, produtos brilhantes não são recomendados para ambientes externos – como quintais – pois o atrito com grãos de areia podem riscar a superfície. Além disso, as peças com acabamento brilhante exigem cautela quando estiverem molhadas, pois escorregam mais facilmente.

Somente comece a sua obra com todos os materiais básicos comprados, recebidos e checados!

Seguindo esses passos, você não terá problemas com a compra e instalação dos seus materiais, independente da quantidade desejada.

Saiba muito mais recebendo nossa newsletter por e-mail:

Deixe Um Comentário